20.10.15

TAG: Conhecendo novos blogs! (Vamos a isto?!?)

A Carla do Da Cor das Cerejas lançou-me o desafio de participar na TAG: Conhecendo novos blogs! respondendo a 10 perguntas e fazendo outras 10 (iguais ou diferentes) a outros bloggers escolhidos por mim. 
Obrigada Carla por este desafio! 

1- Vamos isto?!

 1. Qual o “porquê” do teu blog?

Não sou escritora, nem tenho propriamente o dom da escrita, mas sempre gostei de o fazer.
Fui adiando a ideia da criação de um blogue por vergonha, falta de coragem e algum desconhecimento.
O tempo foi passando e entretanto um dia a minha amiga B. das Crónicas de uma grávida acamada ligou-me a dizer que estava a pensar fazer nascer um blogue! Fiquei excitadíssima com a ideia e orgulhosa pela coragem!
Tornei-me uma das suas maiores seguidoras. Li todos os seus posts. Chorei com alguns e ri com outros.
As Crónicas da B. tornaram-se parte do meu dia até que um dia (ou melhor uma noite) a vontade surgiu! 
Porque não??!! Um blogue?! Será?!
Muitos poderão achar que esta minha ideia foi imitação, outros acharão que criei um blogue porque é moda, e outros acharão correctamente que foi por pura inspiração!
A B. estava numa situação crítica, numa gravidez muito desejada mas com muitas complicações e vivi aquela gravidez dia-a-dia durante 7 longos meses.
Há melhor inspiração que esta mãe?
A letra M surgiu subitamente e por cá ficou!
Sou M de apelido, sou mulher, sou mãe,tenho memória que nunca mais acaba, não vivo sem o mar, se tivesse uma filha seria Maria e aos meus filhos chamo carinhosamente um nome começado por M, Micas!
O blogue As Memórias da M nasceu e tornámo-nos amigos inseparavéis.

2 .   Qual a maior revelação que o teu blog te fez?
A maior revelação foram as pessoas extraordinárias que fui conhecendo quer pessoalmente, quer apenas virtualmente.
Há pessoas incríveis com histórias incríveis e que me têm tornado uma pessoa melhor.
Conheci uma mãe - autora de um conhecido blogue - e que apesar de nunca nos termos visto pessoalmente, falamos com regularidade. Tenho por ela uma estima incrível, um respeito desmedido e uma pontinha de inveja boa pela coragem e força que nos demonstra todos os dias!
Pelas pessoas que conheci (e por aquelas que ainda vou conhecer!), valeu a pena arriscar!

3.    Como e quando escreves para o blog?
Escrevo quase sempre à noite depois de adormecer os meus filhos. Aproveito também bocados nas horas de almoço para escrever tópicos de algum post que pretenda elaborar mais à frente.
Além dos que partilho publicamente, tenho mais de duas dezenas de posts escritos não publicados (e outros tantos em construção) que apresentarei um dia destes, qui çá, em livro!

4.    O que gostavas de ser quando fosses grande?
Há quem tenha a pretensão de ser maratonista, há quem queira ser Bombeiro, há quem queira ser Professor! Eu cá gostava de ser Escritora! :)
Quando for grande queroter tempo para escrever um livro, quero ter mais tempo para mim e para os meus filhos, quero ter um negócio próprio e fazer uma missão de voluntariado em S.Tomé e Príncipe.

5.    O que gostavas mesmo de responder a um comentário desagradável?
Não sei porque ainda não aconteceu, mas eventualmente responderia de uma forma delicada e subtil, não pagando na mesma moeda.

6.    Qual foi a maior surpresa (boa ou má) que a vida adulta te trouxe?
A maior surpresa e sendo totalmente prevísivel na resposta: Ser mãe.
Passei a ver a vida com outros olhos. O coração passou a andar mais cá fora do que dentro. Passei a dar mais valor ás pequenas coisas.
Ser mãe não se aprende nos livros e isso é mágico!

7.    O que trazes na carteira?
Ui... a Mary Poppins ao pé de mim é uma menina de colo! 
Como qualquer mala de mãe, consigo sacar coisas absolutamente improváveis... desde bolachas a toalhitas, carrinhos a fraldas, meias a chapéus. Além disto tenho sempre comigo: baton (1 encarnado, 1 rosa para qualquer eventualidade), creme para as mãos, a carteira, outra carteira, as chaves de casa, a chave do carro, comprimidos para a dor de cabeça e o meu comprimido SOS para o coração (não vá dar-me uma arritmia por aí e preciso dele à mão) a agenda (não vivo sem agenda!) e os cigarros (crucifixem-me, vá).

8.    Qual o hábito diário do qual não prescindes?
Café. Café. Café. O melhor disto tudo?! Não gosto de café!!!

9.    Se pudesses mudar algo no mundo o que seria?
Nunca tive a pretensão de mudar o mundo, mas tentaria diminuir drasticamente o tempo de espera para adopção em Portugal.
O processo é lento e obsoleto. 
Num mundo onde cada vez mais a infertilidade é uma realidade, que tal acelerar o processo, hum?!?!

10. A tua vida dava um filme. Qual?
Oh Céus! Tantos filmes e um em particular: "Música no Coração".
Um filme / musical de 1965 que ainda hoje é o meu preferido.
Tem drama, tem saúde, tem família, tem amizade, tem muita música e muito amor.
 Compila tudo o que prezo e amo na vida!

Obrigada Carla! Adorei! Adorei!! 

 Instruções para participar nesta TAG:
1 – Responder às perguntas realizadas por quem te nomeou;
2 – Podem criar 10 perguntas diferentes ou apenas algumas ou usar as mesmas;
3 – Marcar 3 a 10 pessoas para responderem a essas perguntas e, claro, avisá-las da nomeação.

2- 
Deixo aqui as perguntas:
01. Qual o “porquê” do teu blog?
02. Qual a maior revelação que o teu blog te fez?
03. O que fazes para trazer novos conteúdos para o blog?
04. Gostas mais de escrever ou de ser lida?
05. O que gostavas mesmo de responder a um comentário desagradável?
06. Qual foi a maior surpresa (boa ou má) que a vida adulta te trouxe?
07. Qual a tua maior paixão na vida?
08. Qual o hábito diário do qual nãos prescindes?
09. Se pudesses mudar algo no mundo o que seria?
10. Se pudesses viajar para uma ilha deserta quem e o que levavas?

Os Blogs que marco com esta TAG para responderem as 10 perguntas são:

A Joana do Viajar em família
A Ana do infinito mais um
A Catarina do Joan of July
A Catarina do Daydreams
A Andreia do Tomás My Special Baby
A Filipa do Yoga-me
As Joanas do A Mãe é que sabe

Um beijo
M.

Design, coding and theme by Ana Garcês.
Copyright © As Memórias da M