15.3.18

Tudo nos devidos lugares...

Entrei em 2018 sem resoluções como falei aqui, mas a verdade é que 2018 já estava planeado na minha cabeça (e no coração também).
Sou pessoa das “caixinhas”.... das caixinhas que vou arrumando à medida que que os assuntos se vão resolvendo. Uns resolvem-se fruto do tempo - porque o tempo encarrega-se de ir pondo tudo nos devidos lugares - outros fruto das decisões que vou (vamos) tomando e que nos obrigam a refazer ou redefinir o caminho que traçámos.
2018 é mais um ano de caixinhas (e tenho tantas para arrumar!)
É tempo de arrumações! Das caixinhas que se vão encaixando; daquelas de que nunca nos desfazemos, das que permanecem intactas ano após ano, das que guardam em si sentimentos, das que caixinhas que fechamos a sete chaves para nunca mais as abrir e daquelas que estão sempre prontas a abrir para deixar a vida, o destino, a fé (whatever) tomar conta delas.
As primeiras já estão arrumadas. Bem arrumadas. 
Venham as próximas que é como quem diz venham os próximos desafios. A vida é feita deles. De escolhas, de decisões, de indecisões que se tornam expectactivas e de expectativas que se tornam realidade. E a realidade pode ser dura em muitas situações, mas é ela que nos amadurece, que nos faz crescer, que nos faz ser, aparecer, que nos faz Viver!

 Um beijo
M.



Design, coding and theme by Ana Garcês.
Copyright © As Memórias da M