28.10.15

Há dias...

Nos dias em que estes dias me entram vida adentro, sinto-me desarmada e não há positivismos nem fé que me valham.
Eu que sou menina para "pegar toiros" de caras pessoal e profissionalmente, que me submeto a testes loucos para ir mais longe e que transformo equações em objectivos, tenho dias em que me sinto desfeita.

Não há mal nenhum em assumir fraquezas, em assumir que há dias dificieis em que as dores nas costas me assolam o corpo todo,  que dormir me faz falta, que não tenho força nem para um "ai" e que apenas e só me apetece hibernar uma semana...ou duas.

Não há mal nenhum em dizer que tive 3 semanas de férias em Agosto e que já estou tão ou mais rota do que quando fui.

Não vem mal nenhum ao mundo em assumir que amo os meus filhos incondicionalmente, mas que me apetecia fugir deles um fim-de-semana, beber um bom vinho num jantar demorado, dormir uma noite seguida e disfrutar de um bom café e de um livro numa esplanada.

Parece-me que não faço mal a ninguém se disser que me apetece chegar a casa, mergulhar no sofá onde raramente me sento e jantar chá e torradas de tabuleiro no colo.

Há dias tramados, mas são dias assim que me mostram que o sol há-de voltar e que no fundo, foi só um dia menos bom. 

Um beijo 
M. 









Design, coding and theme by Ana Garcês.
Copyright © As Memórias da M