11.10.17

Gosto muito de viver aqui, mas por quanto tempo?

Vivemos num bairro emblemático de Lisboa com vista para o Stº António que tanto gosto.
Vim viver para este simpático bairro nos tempos da faculdade, quando fui morar com a minha amiga Marta e me apaixonei de imediato por esta zona da cidade.
Quando comecei a trabalhar continuei por aqui e entretanto comprei casa (aqui, também).
Casei, engravidei e engravidei outra vez e por cá ficámos os quatro.
Gosto desta sensação bairrista de ter tudo à mão. 
O mercado, a engomadoria, as lojinhas típicas, os restaurantes, a drogaria, a retrosaria, as flores, as farmácias, as pastelarias, e a ideia que tudo se pode fazer a pé.
As escolas são relativamente perto e o renovado centro comercial de Alvalade tem toda a oferta que nos permite “hipoteticamente”  ter uma vida mais tranquila.
 Gosto de passear na Av. da Igreja ao sábado de manhã, ir "às flores" ao mesmo Sr. há anos que além das flores que compro me oferece sempre uma rosa, ir a pé ao mercado de Lisboa.
Gosto de andar pela rua e cumprimentar os velhotes (e há tantos por aqui) que já conhecem os miúdos e que se metem com eles numa harmonia encantadora.
Gosto muito de viver aqui, mas por quanto tempo? 
Esta linda história não tem só o lado bom! Tem o lado péssimo do trânsito, do estacionamento inexistente para os moradores, as horas que perdemos às voltas ao fim do dia, os parquímetros por todo o lado, as multas, os bloqueadores sempre em riste, os restaurantes da moda com filas de espera de horas, casas arrendadas à semana, ao dia à hora por todo o lado. Pessoas que entram e saem do(s) prédio(s) à velocidade da luz.
Já estou com diz a Ana Garcia Martins do blogue A Pipoca mais Doce, "isto está bom mas para quem cá vem passar uma semana e volta para casa".
Quem vive em Lisboa -  no centro de Lisboa - está a viver um verdadeiro tormento com os preços das casas, com as verdadeiras atrocidades que se veêm por aí, com o trânsito caótico (e ainda não começou a chover!). É verdade que está tudo muito mais bonito, com ciclovias epectaculares, bancos de jardim por todo o lado, passeios que dão para fazer um piquenique com todos os alunos do ano 1996 do Liceu, é verdade que reduzimos o CO2 no centro da cidade, também é verdade que a economia cresce, que o turismo agradece, que os hotéis nascem como cogumelos, é tudo verdade, mas e quem tem que trabalhar?!?! Isso, trabalhar!! Quem tem horários a cumprir? Filhos para deixar na escola? E quem demora 40 minutos a fazer 4.5 Km´s em hora de ponta?? Hã?? Hã?? Pois é... mas Lisboa é linda. Não há dúvida e eu ainda gosto (muito) de por cá viver. Começo é seriamente a ponderar outras opções...
E por aí?
Há alguém que viva por aqui e/ou noutros bairros da cidade e tenha a mesma sensação?!
E fora de Lisboa? Como é?
(Ribatejanos que me seguem; escusam de vir com a conversa de voltar para Santárem, ok?! Ainda não estou nessa fase... AINDA!! J )

Contem-me tudo!

Um beijo

M.


Fotografia | M

Design, coding and theme by Ana Garcês.
Copyright © As Memórias da M